O que é otimização de sites? Como fazer? Por onde começar?


Se você administra um site, sabe o quanto é importante que o site seja otimizado para atrair tráfego e gerar vendas (ou leads) graças a uma boa taxa de conversão.

Mas o que é otimização de sites e como fazer?

Definição: “A otimização de sites engloba toda parte técnica e técnicas de marketing usadas para adquirir tráfego, engajar visitantes e depois convertê-los em prospects ou compradores, usando um método claramente definido que atende a vários objetivos pré-definidos.”

Além dessa definição do que é otimização de sites, é difícil distinguir entre as várias partes constituintes da otimização de sites – há muitas delas.

Na realidade, o tópico é tão vasto que envolve várias profissões e habilidades necessárias para poder aproveitar todas as ações corretivas e de otimização de sites.

Antes, vamos aprofundar um pouco mais o conceito de otimização de sites.

O que é otimização de sites?

Simplificando, a otimização de sites tem tudo a ver com melhorar a experiência do usuário, para que as pessoas tenham maior probabilidade de realizar conversões em seu site.

Muitas empresas tentam otimizar sua experiência de usuário redesenhando completamente seu site de tempos em tempos. Mas, vamos encarar, não importa quão bem você conheça seu público-alvo, as pessoas são imprevisíveis.

Em outras palavras, se você tentar otimizar seu site sem bons dados, poderá acabar diminuindo sua taxa de conversão em vez de aumentá-la.

Como resultado, a otimização de sites é um processo científico. Você cria uma hipótese para uma mudança que você acha que melhorará sua taxa de conversão e coloca em teste essa hipótese.

“Se você estiver certo, mude para o design novo, aprimorando o site. Se você estiver errado, mantenha o design original.”

A melhor parte deste processo de otimização de sites é que ele ensina sobre o seu público-alvo. Você aprende o que eles gostam e não gostam, o que permite que você crie hipóteses e testes ainda melhores no futuro.

Com o tempo, você pode acabar com um site que nunca teria criado sozinho, mas é um site perfeito para o seu tráfego.

1ª Etapa

a) Otimização para mecanismos de pesquisa (SEO)

O SEO é uma área do marketing digital que engloba subatividades ligadas à criação de conteúdo para site com base em palavras-chave direcionadas no mecanismo de pesquisa de sua escolha (Google, Bing, Yahoo, etc).

Nos EUA e na Europa, a grande maioria do tráfego orgânico vem do Google. E no Brasil também. O Yahoo e seus concorrentes nunca conseguiram penetrar com relevância nos mercados.

E “Google” significa “algoritmos”: a empresa californiana atualiza frequentemente os algoritmos que sustentam as “leis” que ditam se sua empresa pode aumentar sua classificação usando essa ou aquela palavra-chave.

A otimização de mecanismos de pesquisa significa, portanto, a capacidade da sua empresa de aumentar seu ranking do Google de uma maneira segmentada e precisa.

Você está procurando, acima de tudo, classificar as palavras-chave que fornecerão visitantes qualificados.

Embora existam muitos mitos sobre SEO, lembre-se de que a era em que as pessoas compravam links de baixa autoridade em massa acabou.

“O Google agora penaliza sites que possuem links externos que não têm relação com seus sites.”

2ª Etapa

b) Conteúdo do site

O conteúdo do seu site é o que impulsiona o seu ranking. É o que o Google “rastreia” no seu site e analisa o seu conteúdo para exibir resultados em seu mecanismo de busca.

Mais do que apenas preencher seu site, a criação de conteúdo e recursos de qualidade permite que você envolva seus visitantes e venda seus produtos e soluções: além do design, esse é o aspecto mais crucial do seu site.

Naturalmente, o conteúdo do seu site pode ser apresentado em várias formas (escrita, visual e vídeo) e conterá palavras-chave que você deseja usar para direcionar sua classificação.

Por fim, o conteúdo de qualidade é naturalmente compartilhamento: quando isso acontece, o Google o interpreta como um sinal positivo.

3ª Etapa

c) Otimização on-page

Em SEO, a otimização on-page abrange todos os aspectos técnicos necessários para classificar no Google. Alguns deles são:

  • Seu site deve ser carregado rapidamente;
  • Seu site deve ser responsivo;
  • Seu site deve ser HTTP Seguro (HTTPS);
  • A arquitetura do seu site deve ser consistente e organizada;
  • O texto deve aparecer na primeira dobra.

De uma forma bastante intuitiva, o Google considera um sinal positivo quando vários sites vinculados à sua empresa apontam para o seu usando um link externo.

Quando você compartilha conteúdo ou seus usuários compartilham seu site, você aumenta a probabilidade de um site compartilhar informações ou falar sobre você: portanto, você cria links externos organicamente.

Como você se sente sobre a otimização?

Sabe o que é otimização de sites?

Já tentou?

Como foi a sua experiência?

Alguma dica que você gostaria de compartilhar?

Deixe seus pensamentos nos comentários…

E se você quer colocar a conversão do seu site em outro nível, nós da MídiasWeb temos a busca incessante por melhores taxas de conversão no nosso dia-a-dia.

Estamos sempre analisando em cima de dados as melhores estratégias de conversão. Converse com nossa equipe para conhecer melhor nosso trabalho e como podemos te ajudar.

 

Gostou? Então Compartilhe!

[DISPLAY_ULTIMATE_SOCIAL_ICONS]