O Menino da Internet: A História de Aaron Swartz


Além de uma homenagem, o documentário promove um debate sobre a internet, a informação e quem tem controle sobre ela.

O documentário busca contar a história do jovem Aaron Swartz, o programador, escritor e ativista norte-americano que acreditava na mudança do mundo através da internet e da computação.

No entanto, numa tentativa para baixar milhares de artigos acadêmicos usando a rede do MIT (Massachussetts Institute of Technology), Aaron é processado e acaba se suicidando.

A produção foi financiada pelo Kickstarter, com arrecadação de 94 mil dólares, e conta com entrevistas de seus familiares e amigos, bem como de pessoas que trabalharam diretamente com o jovem.

Assista o documentário…

 

 

Aaron era algo próximo de um superdotado. Aos três anos já conseguia ler e se tornou um exímio programador ainda na adolescência.

Apesar da pouca idade, começou a se envolver em grandes projetos como o do Creative Commons liderado pelo Prof. Lawrence Lessig e a definição do padrão RSS encabeçada por ninguém menos que o “pai da internet” Tim Berners-Lee.

Mesmo tendo conquistado respeito e muito dinheiro, Aaron não se acomodou. Ele queria mudar o mundo. E um dos caminhos que defendia era a liberdade de acesso à informação.

O que o levou a se tornar um ativista político e a lutar por mudanças na política e na legislação americana em diversas áreas.

Uma delas, que ficou mundialmente conhecida, foi o protesto contra o SOPA (Stop Online Piracy Act) no início de 2012 (você deve se lembrar de quando Google e Wikipedia tiraram suas páginas do ar em apoio ao protesto), do qual Aaron saiu vitorioso.

Quem sabe um dia o acesso à informação seja realmente livre e a internet se torne aquilo com que Aaron sonhou, o sonho de um de seus filhos mais ilustres?

Share this post